Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Saúde e Assistência Social promovem evento pelo Dia Nacional do Idoso

As Secretarias da Saúde e Assistência Social, em parceria com os Programas de Ações Programáticas e Saúde do Idoso, realizaram na manhã desta terça-feira (28), na sede do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), uma atividade educativa com a participação de aproximadamente 50 pessoas, em comemoração ao Dia Nacional do Idoso e Internacional da Terceira Idade, ambos celebrados no próximo dia 1º de outubro.
O encontrou contou com uma série de palestrantes que abordaram temas relacionados ao dia a dia dos usuários. A enfermeira, Sheila Batista, do Programa Farmácia Viva, falou sobre o uso do capim limão, espinheira santa, boldo, erva cidreira, boldo, carqueja, hortelã, açafrão e gengibre, consideradas plantas medicinais. Já a nutricionista e Coordenadora do Programa Hiperdia, Camille Ramos, aproveitando que nesta quarta-feira (29) é comemorado o Dia Mundial do Coração, explicou sobre as principais doenças do coração, os fatores de risco e prevenção, enquanto a educadora física, Beatriz Afonso, comandou uma sessão de alongamento.
Seguindo a programação, a Coordenadora do Programa Saúde da Mulher, Bruna Souza, antecipando o Outubro Rosa, esclareceu dúvidas sobre o câncer de mama. O valor à vida e a prevenção ao suicídio foram os temas abordados pela psicóloga, Elizabeth Cabreira, ainda na sequência do Setembro Amarelo. Outro tema importante, a violência famiiar, foi abordado pela assistente social, Rosa Costa, ao passo que a Coordenadora do Programa de Saúde do Idoso, Natália Borba, falou sobre Alzheimer e aproveitou para destacar a importância de assisti-los de perto.
– É importante reunir os idosos para uma conversa e aproveitar para passar informações sobre Saúde e prevenção de doenças acometidas por eles, o público composto por pessoas com mais 60 anos, visando mais qualidade de vida, mais autonomia, mais liberdade, além da necessidade de aceitação da idade como fator limitante para algumas questões, mas deixando claro que isso não os impossibilita de realizar muitas outras, declarou Natália.
A prevenção consiste na mudança de hábitos com adoção de uma alimentação equilibrada, uma boa noite de sono, prática de atividade física e manutenção de uma alta taxa de vitamina D. Recomenda-se, portanto, exposição à luz solar por 20 minutos pela manhã, até as 10h, ou no fim da tarde, após as 16h. “Esses eventos são muito importantes para nós, pois muitas vezes não temos conhecimentos sobre os assuntos que são nos passado”, disse Gilza Ribeiro.
Segundo Sara Santos, Coordenadora do Programa de Ações Programáticas, o “envelhecer” é um fenômeno natural, que atinge o idoso em diversos pontos, desde a saúde até os processos cognitivos e muitos deles não entendem como encarar a mudança. Trazer luz para esse tema, ajuda a conscientizar a população e mostrar como o Dia Nacional do Idoso é importante de ser celebrado, além de homenagear quem já fez muito pelas atuais gerações, declarou.

Galeria de Fotos