Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Reunião discute funcionamento de áreas de proteção ambiental

Um encontro na tarde de quinta-feira (17), na sede da Prefeitura, deu início a um debate para o desenvolvimento e funcionamento efetivo das unidades de conservação em Quissamã. Com a participação do secretário de Desenvolvimento Econômico, Arnaldo Mattoso, do biólogo e fiscal de meio ambiente da secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca, Luiz Antônio Fernandes dos Santos e do superintendente de Biodiversidade e Florestas da secretaria Estadual de Ambiente, Fernando Mathias e equipe, foi discutido, entre outros assuntos, a criação do balneário na Lagoa Feia, com a ampliação da área da APA da Lagoa da Ribeira para uso da população.
Isso porque a área da APA existente vai até a Estrada do Pontal e a ideia é passar para o outro lado da estrada e pegar uma parte da margem da Lagoa Feia, o que vai possibilitar a implantação de um balneário, para desfrute da população e servidão para os pescadores interessados em atuar na lagoa.
“O objetivo foi a colocação efetiva das áreas naturais protegidas por lei, criadas em 2006 com a elaboração do Plano Diretor, em funcionamento. Isso permitirá que o município aumente sua alíquota em relação ICMS Ecológico, o que vai repercutir no aumento de arrecadação, com recursos para o município investir na área ambiental. Abrimos boas perspectivas para o município”, explicou Luiz Antônio.
Ele falou ainda que a equipe da secretaria estadual de Ambiente dará apoio técnico, assessoria e respaldo para implantar, efetivamente, as unidades da APA Municipal da Lagoa da Ribeira e o Parque Natural Municipal dos Terraços Marinhos que, localizado entre a estrada da Campina e a RJ 196, sentido Beira de Lagoa, cujo ecossistema é de restinga, mas com características completamente diferentes da restinga da praia, já que está a 15 Km do mar e não recebe influências marinha nenhuma.

Galeria de Fotos