Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Quissamã realiza aula inaugural do Programa Ambiente Jovem

Em Quissamã, as atividades do Programa Ambiente Jovem foram oficialmente abertas nesta sexta-feira (29), com a realização da aula inaugural, no auditório da Prefeitura. O início do programa, no município, ocorre em uma data especial, quando o Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba celebra seus 24 anos de fundação.
O evento contou as presenças da prefeita Fátima Pacheco; do vice-prefeito e secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca, Marcelo Batista; do secretário de Governo Adeilson Lopes; da secretária de Assistência Social Tânia Magalhães; do responsável pelo núcleo Matheus Barreto; e das representantes da secretaria de Estado Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Fernanda Botino e Caroline Faria.
O Programa Ambiente Jovem é uma parceria da Prefeitura de Quissamã, com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.
– Em Quissamã, aproximadamente dois mil jovens estão inseridos em programas direcionados pela Prefeitura. São investimentos nas mais variadas áreas, como a reforma de escolas e a construção de novas unidades, aquisição de equipamentos; escolinhas esportivas; ações culturais e oficinas. O objetivo é que nossos jovens tenham voz e sejam agentes transformadores na sociedade – avaliou a Prefeita Fátima Pacheco.
No município, 50 jovens serão qualificados para lidar com os desafios socioambientais, ampliando as oportunidades profissionais. O Ambiente Jovem é uma iniciativa voltada para jovens de 16 a 24 anos que tem como objetivo formar agentes ambientais em suas comunidades.
– Após passarem pelo processo de capacitação sobre sustentabilidade e cidadania, os participantes estarão aptos a exercitarem e multiplicarem esse conhecimento e vão construir um plano de sustentabilidade para suas comunidades. As atividades e práticas propostas pelas oficinas vão servir como base para executar esse plano com o apoio do educador ambiental – destacou o vice-prefeito Marcelo Batista.
Ao todo, serão 120 núcleos em áreas de vulnerabilidade social em todo o território fluminense. Além da capacitação em diversos temas pertinentes, os participantes recebem uma bolsa/ incentivo mensal de 200 reais vinculada ao mínimo de 75% de presença nas atividades.
– O Programa vai proporcionar vivências ambientais, com iniciativas que desenvolvam nos jovens novas habilidades que possam ser utilizadas em sua sociedade – destacou a representante da secretaria de Estado Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Fernanda Botino.
O programa irá favorecer a inserção no mercado de trabalho formal, mas também desenvolverá uma visão empreendedora nos jovens que possibilite outras alternativas de geração de renda.
– Além disso, uma das metas é o aumento na qualidade de vida dos envolvidos e suas comunidades, integrando esforços para garantir direitos e promover autonomia. É esperado que os jovens, por meio dos incentivos e orientações recebidas, possam ter acesso mais rápido ao emprego formal, além da oportunidade de descobertas no âmbito do micro empreendedorismo- destacou a secretária de Assistência Social, Tânia Magalhães.

Galeria de Fotos