Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Quissamã participa de reunião sobre a implementação da trilha “Volta do Rio” no Rio de Janeiro

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo de Quissamã participou na última quarta-feira (3), a convite da SETUR e da TURISRIO, de uma reunião de trabalho sobre a implementação da trilha de longo curso “Volta do Rio”, nas regiões turísticas do Estado, que aconteceu no Palácio da Guanabara, no Rio de Janeiro.
O público-alvo foram os gestores municipais de turismo e teve como objetivo principal, apresentar os fundamentos da “Volta do Rio” e o papel dos municípios em sua implementação e gestão, discutindo tanto os benefícios, quanto os desafios da construção de um sistema de trilhas estaduais. Também participaram do evento, o MTUR, ICMBIO e INEA.
A Trilha de Longo Curso Circular do Estado do Rio de Janeiro “Volta do Rio” conectará os principais atrativos naturais, turísticos e culturais do Estado. Vai alcançar aproximadamente, 1200 km em todo o estado, conectando destinos das regiões Metropolitana, Costa Verde, Costa do Sol, Vale do Café, Serra Verde Imperial e Agulhas Negras.
Atualmente estão implantados mais de 500 km do percurso “Volta do Rio”, contemplando os municípios de Niterói, Maricá, Cabo Frio, Saquarema, Ilha Grande, Teresópolis, Petrópolis, Nova Friburgo, Rio Claro, Resende e Rio de Janeiro, com destaque para os 183 km da Trilha Transcarioca, eleitos pela revista americana Outside como uma das 25 melhores trilhas do mundo.
A proposta integral do “Volta do Rio” prevê a implementação de trilhas regionais e locais em todo o território fluminense, de tal modo que o final de uma, coincida com o começo da seguinte, formando, assim, a trilha perimetral do estado do Rio de Janeiro, ou a grande Rede Fluminense de Trilhas que conectará os principais atrativos do estado.
Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Arnaldo Mattoso, que participou do evento já com as trilhas de Quissamã mapeadas, será um investimento de suma importância para o município. “Podemos garantir aos turistas, que eles terão a oportunidade de conhecer uma das trilhas mais bonitas da região, ofertando ao caminhante a experiência e o contato com a lagoa e o mar em uma mesma caminhada. Isto é Viver Quissamã”, afirmou.
Arnaldo acrescentou ainda, que Quissamã já recebeu a visita dos representantes da Trilha Nacional e que o Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, estará incluso nelas. “Paralelamente, já fizemos o levantamento de todas as trilhas locais / municipais, que se integrarão a nacional, como mais uma alternativa aqueles que vierem para a região viver o que temos de melhor”, finalizou.
O Parque de Jurubatiba, possui 44 km de praias, sendo que neste trecho existem 18 lagoas costeiras de rara beleza e de grande interesse ecológico. O Parque é um abrigo para diversas espécies de fauna e flora das restingas, que em outros locais do país estão em risco de extinção. Já foram inclusive encontradas novas espécies na área da Unidade.

Galeria de Fotos