Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Quissamã participa da 2ª Mostra Estadual de Práticas de Saúde e fica em quatro lugar

A Secretaria de Saúde de Quissamã participou, na última semana, da 2ª Mostra Estadual de Práticas de Saúde Cosems-RJ e IdeiaSUS/Fiocruz, que deu destaque a seis experiências exitosas de saúde, dos municípios fluminenses, selecionadas por uma comissão de especialistas. Quissamã apresentou o trabalho “Planejamento local articulado a Agenda 2030: a experiência no território de Quissamã/RJ” e ficou em quarto lugar.
A mostra teve o intuito de propiciar o intercâmbio de práticas municipais implementadas no SUS, estimular, fortalecer e divulgar as ações de municípios que inovam nas soluções de saúde, dar visibilidade às práticas de saúde na abrangência da gestão local e promover um espaço para a troca de práticas e reflexões sobre a gestão e organização de serviços de saúde, lançar luz a importantes experiências existentes nos territórios do SUS.
Com mais um projeto selecionado entre os melhores, Quissamã participará da 17° edição da “Mostra Brasil, aqui tem SUS”. O congresso acontecerá nos dias 12 e 13 de julho, na Faculdade Uniderp, em Campo Grande-MS. A Mostra contará com a apresentação presencial de 343 experiências bem-sucedidas de Secretarias Municipais de Saúde, com o objetivo de mostrar o SUS que dá certo e proporcionar um espaço de troca de experiência entre os profissionais.
A coordenadora de Planejamento e Gestão em Saúde da Secretaria de Saúde de Quissamã, Delba Machado Barros, falou sobre a relevância de mais uma vez, ter um trabalho escolhido para participar desse evento, com tanta importância.
“Quissamã inovou na elaboração do planejamento em saúde e no plano plurianual 2022-2025 ao articular seus programas a Agenda 2030. Trata-se de um plano global que têm 17 objetivos, visando o desenvolvimento sustentável, voltados para enfrentar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas desfrutem de paz e prosperidade. Destaco, no entanto, que não basta a gestão municipal construir políticas públicas articuladas e integradas que atendam as necessidades e os anseios da população nas três dimensões do desenvolvimento – social, ambiental e econômica, sem que haja parceria de outras esferas de governo, da sociedade civil, do setor privado e de cada cidadão”, afirmou.

Galeria de Fotos