Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Quissamã encerra Novembro Azul com ação na Praça

Entre janeiro e o final de novembro, mês que marca a campanha Novembro Azul, foram diagnosticados seis novos casos de câncer de próstata, em Quissamã. A informação é do coordenador do Programa de Saúde do Homem, Antônio Carlos Silva. Segundo ele, todos os casos estão sendo acompanhados pelas equipes da Secretaria de Municipal de Saúde, contudo revelam a importância das ações de conscientização voltadas à saúde do homem, ao longo de todo o ano.
O coordenador do programa fez um breve balanço da Campanha. Segundo ele, a adesão do público alvo, em 2021, foi maior do que em anos anteriores. Na opinião de Antônio Carlos, houve mais facilidade este ano, em razão de os homens terem se mostrado mais participativos e dispostos a conversar sobre os cuidados com a própria saúde.
– Para minha surpresa, neste ano foi diferente de todos os outros, pois os homens estavam mais participativos e nós conseguimos acolhê-los com uma certa facilidade. Ao término de cada palestra, sempre vinha alguém me procurar para tirar dúvidas. A aceitação foi muito boa e acredito que as USFs, após este mês, terão uma procura maior, avaliou
A campanha Novembro Azul foi encerrada, em Quissamã, na manhã da última terça-feira (30), pela secretaria de Saúde. Organizado pela coordenadoria do Programa de Saúde do Homem em parceria com a Estratégia de Saúde da Família – ESF, Vigilância em Saúde, Hospital Municipal Mariana Maria de Jesus – HMMMJ e os Programas Hiperdia, Saúde do Idoso e do Trabalhador, o evento de encerramento foi na Praça Jardim Mário Moreira da Silva, com diversos atendimentos.
Foram ministradas vacinas contra a Influenza, realizados testes rápidos para detecção da Covid-19, avaliação nutricional, aferição de pressão arterial, agendamento de consultas, teste de glicemia, além da entrega de panfletos sobre as principais arboviroses: Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela, todas transmitidas pelo mesmo vetor, a fêmea do mosquito Aedes aegypti.
Durante o encerramento da Campanha, Antônio Carlos ressaltou que os atendimentos não se registrem apenas ao mês de novembro: “é muito importante que a população masculina compareça às Unidades de Saúde da Família – USF. Se for necessário, que a família e os amigos incentivem a ida ao médico”.

Galeria de Fotos