Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Quissamã: Campanha de conscientização do Maio Amarelo vai às ruas para realizar blitz no trânsito

A Prefeitura de Quissamã, através das Secretarias de Saúde, Educação e Segurança Pública e Trânsito, realizou, nesta quarta-feira (25), uma ação educativa de conscientização sobre o Maio Amarelo. Na abertura do evento, a instrutora e educadora de trânsito da Demutran, Angela Mamede, passou as orientações comportamentais de como os alunos e participantes do projeto Jovens em Ação, deveriam atuar no evento para abordarem os motoristas com segurança.
Com o tema “Juntos Salvamos Vidas”, a campanha de 2022 visa reduzir acidentes e evitar mortes. A iniciativa tem a organização da Guarda Municipal e do Departamento Municipal de Trânsito. Luís Felipe Fidelis, Guarda Civil Municipal da Ronda Escolar falou sobre a importância dos itens de segurança obrigatórios, que exercem a função de reforçar a proteção para os motoristas e pedestres que circulam pelas ruas.
O conhecimento sobre os itens de segurança automobilística é importante não apenas para garantir a segurança do motorista e dos passageiros, mas também para evitar as penalidades impostas. Ao circular com o carro sem esses itens, o condutor pode ser multado, perder pontos na carteira de habilitação e, em alguns casos, ter o veículo apreendido.
Foram distribuídos panfletos educativos para todos os motoristas parados na blitz educativa, por aproximadamente 60 alunos do 8º e 9º ano do CIEP Brizolão 465 Dr. Amilcar Pereira Da Silva, acompanhados pelas professoras de Língua Portuguesa, Cristiane Melo e de História, Mara Cristina Azeredo, além dos 30 participantes do Projeto Jovens em Ação.
Para a coordenadora do Programa Saúde da Escola, Maria Aparecida Barcelos, a campanha tem a função de conscientizar o cidadão sobre a importância da segurança viária e alertar os motoristas que a responsabilidade ao volante é fator determinante para o número de acidentes, mortos e feridos. “Em Quissamã, o alto índice de acidentes graves e fatais têm como causa principal, as falhas humanas, o que é alarmante”, afirmou.
Vitória Viana, de 15 anos, do Jovens em Ação, deu a sua declaração. “Participei da palestra semana passada e pude perceber que por sermos mais novos, somos mais afoitos. Tenho amigos que já pilotam motocicletas e dirigem carros, antes de alcançarem a maior idade. Isso é muito preocupante, pois eles podem causar uma tragédia pela falta de experiência, pela necessidade de autoafirmação. Precisamos saber que tudo tem um tempo certo para acontecer”, finalizou.

Galeria de Fotos