Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Programa entra na segunda etapa para castração de animais

O Programa de Assistência Médica Veterinária (PAMvet), implantado no município no último dia 20 de março, iniciou esta semana a avaliação clínica e exames laboratoriais dos cães e gatos para castração. A atividade, que corresponde a segunda etapa do programa, foi realizada na Unidade de Saúde da Família (USF) do Matias e já envolveu18 dos primeiros animais pré-cadastrados.
De acordo com a veterinária Luíza Barcelos, a previsão é de que os resultados dos exames fiquem prontos até sexta-feira (5). “Com os resultados em mãos avaliaremos os animais aptos ao procedimento cirúrgico. O próximo passo será uma reunião com os donos dos caninos e felinos para agendar a data da cirurgia”, frisou, ressaltando que a expectativa para o PAMvet é muito grande. “Só no dia do lançamento tivemos mais de 400 animais inscritos e isso mostra que a população está preocupada com seus bichinhos”, pontuou.
A coordenadora da Estratégia de Saúde da Família, Milena Viana, esclarece que primeiro serão atendidos os animais cujo pré-cadastro foi realizado no dia do lançamento do programa e que posteriormente o atendimento se estenderá aos cadastros que estão sendo realizados nas Unidades de Saúde. “Nesse primeiro momento estão sendo atendidos os animais cujas famílias são cadastradas no PSF do Matias”, disse.
O PAMVet é uma iniciativa gratuita, com a finalidade de oferecer aos munícipes a castração de cães e gatos, palestras educativas e exames para diagnóstico de brucelose e tuberculose bovina. O programa está dividido em quatro etapas, sendo a primeira, o pré-cadastro; segunda, o agendamento para avaliação clínica e exames laboratoriais para avaliar as condições dos animais para fazerem as cirurgias; terceira, cirurgia e a quarta, pós-operatório.
Para a população, a iniciativa vai contribuir não só com a diminuição dos animais de rua, mas com a saúde pública, de uma forma geral. “O programa é uma forma de dar um pouco mais de cuidado e atenção aos animais”, disse Sônia Lamim.
Fátima Regina, moradora do Sítio Quissamã, foi uma das primeiras a levar seus animais para avaliação. “Essa ação é muito importante. O cuidado com o animal perpassa pela saúde pública e nossos animais precisavam dessa assistência, de carinho e cuidado”, completou.
Para ter acesso aos serviços, os interessados deverão procurar a Unidade de Saúde da Família mais próxima ou a sede de Vigilância em Saúde para realizar o pré-cadastro.

Galeria de Fotos