Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Profissionais das USFs são capacitados sobre antropometria

Os profissionais ligados à Coordenação de Estratégia de Saúde da Família – ESF, de Quissamã, participaram nesta terça-feira (19), do segundo dia de capacitação sobre antropometria aplicada na avaliação nutricional em saúde pública. A capacitação é realizada pela Secretaria de Saúde, por meio da Área Técnica de Alimentação e Nutrição (ATAN). O primeiro encontro aconteceu na última sexta-feira (15) e foi direcionado aos profissionais de Morro Alto, Barra do Furado, Santa Catarina e Machadinha.
O evento tem como finalidade capacitar e treinar profissionais da ESF para aferir medidas antropométricas com qualidade, em indivíduos nas diversas etapas da vida. A nutricionista da ATAN, Jaqueline Silveira, passou seus conhecimentos para os profissionais das unidades tanto de Caxias, quanto do Centro. Já a nutricionista Bruna Manhães, ministrou o conteúdo teórico com aplicação de exercícios e debate, para o primeiro grupo.
O curso tem objetivos específicos: sensibilizar os profissionais quanto à importância da correta aferição de medidas antropométricas, capacitá-los quanto às técnicas corretas e quanto à obtenção de diagnóstico fidedigno da situação nutricional, fomentar a visão crítica como um procedimento gerador de informações indispensáveis para a atenção à saúde do indivíduo e da coletividade, que fomenta a intervenção imediata. Além disso, o planejamento de programas, bem como as políticas de médio e longo prazos.
A antropometria é um dos métodos mais utilizados para a avaliação do estado nutricional da pessoa, destacando-se como um indicador das condições de saúde, nutrição e sobrevida dos indivíduos e populações. Dada sua relevância, esse procedimento deve ser realizado por profissionais capacitados, para que as medidas corporais aferidas sejam confiáveis e reflitam a realidade investigada.
Segundo a Coordenadora da ATAN, Alba Valéria, é fundamental a formação e capacitação técnica de recursos humanos em aferições de peso, estatura, cintura, circunferência da panturrilha, IMC (avaliação do estado nutricional em adolescentes, adultos e idosos) e acompanhamento na caderneta da saúde da criança a fim de subsidiar a geração de informações nutricionais que possam subsidiar tanto pesquisas científicas, quanto às unidades de saúde.
– Com isso, o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional – SISVAN, é fortalecido, tornando-se a ferramenta essencial para formular políticas e desenhos de programas públicos, e gerar o retorno necessário para o aperfeiçoamento, explicou Alba.
Na próxima terça-feira (26), os profissionais das Unidades de Saúde da Família do Mathias, Carmo e Alto Grande, serão os últimos a participarem da capacitação, ministrada pela nutricionista Viviane Soares Gomes, na Coordenação da Estratégia de Saúde da Família.

Galeria de Fotos