Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Planejamento familiar: Quissamã com inscrições para realização de vasectomia


A Prefeitura de Quissamã vem desenvolvendo ações para um planejamento familiar mais estruturado. Nesse sentido, a Secretaria de Saúde registrou um aumento significativo de cirurgias de vasectomia em 2022, com 37 realizadas de janeiro a setembro. Nos últimos anos, por causa da pandemia, o número de procedimentos foi reduzido: três em 2020 e 13 em 2021. O aumento superior a 150% é comemorado justamente em novembro, considerado o Mês de conscientização da Saúde do Homem.

Os interessados podem buscar informações no Centro de Saúde Benedito Pinto das Chagas, onde uma equipe formada por psicólogo, enfermeiro, assistente social e médico urologista analisam todos os casos. O homem deve ser residente no município, ter no mínimo 25 anos e ser pai de dois filhos vivos. A cirurgia é realizada no Hospital Municipal Mariana Maria de Jesus.

“O aumento na demanda configura êxito na metodologia de trabalho adotada, que é desfazer tabus e mitos que rondam o universo masculino sobre o assunto. Tivemos 49 inscrições em 2022, com 37 procedimentos realizados até setembro”, disse a subsecretária de Saúde, Sabrine Pereira.

Os pacientes recebem a explicação do procedimento e preenchem uma declaração em que concordam com o serviço. O documento é registrado em cartório para fins legais. Nos últimos seis anos (2016 a 2021), levando em conta que foram dois de pandemia, a equipe da Secretaria de Saúde realizou 127 vasectomias, enquanto nos seis anos anteriores (2010 e 2015), apenas dez cirurgias a cada 12 meses.

“A vasectomia é um procedimento rápido e simples. A técnica consiste na ligadura dos canais deferentes, ductos que levam os espermatozoides à uretra, evitando assim, que os gametas masculinos saiam durante a ejaculação, gerando uma gravidez. Não é necessária internação para a realização. Após a aplicação da anestesia local são feitas duas pequenas incisões de cerca de um centímetro em cada lado da bolsa escrotal para a ligadura dos canais. O tempo de cirurgia não ultrapassa 40 minutos e então, o paciente já pode ir para casa”, afirmou o urologista Pedro Gomes.

Embora a vasectomia seja realizada em uma região sensível para o homem, ela raramente apresenta inconvenientes após a cirurgia. No entanto, vale ressaltar que, mesmo sendo um procedimento muito simples e seguro, alguns cuidados são importantes: repouso no primeiro dia, evitar dirigir e não realizar atividades físicas por, no mínimo, sete dias. Além disso, alguns médicos podem recomendar bolsa de gelo no local e também podem prescrever o uso de anti-inflamatórios e analgésicos.

Pacientes relatam motivos para vasectomia

O cantor Lucas Cerqueira é casado, pai de duas meninas, Lívia e Lavínia, e optou por participar do programa. Ele foi operado e falou sobre a experiência. “Minha esposa passou por dificuldades no nascimento da nossa segunda filha, por isso tomei essa decisão. O município ofereceu toda a estrutura até o momento da cirurgia. Contei com o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar, assistente social e psicólogo. Foi uma decisão importante para a minha família” destacou.

Após pegar todas as informações em um evento realizado pela Prefeitura de Quissamã, o funcionário público Marcelo Reis, de 37 anos, se interessou pelo serviço. Segundo ele, que tem duas filhas, o processo foi tranquilo. Passou pela assistente social, pela enfermeira e pela psicóloga, antes da consulta com o médico urologista.

“Eu e minha esposa sempre sonhamos em ter dois filhos. Com a cirurgia cardíaca que a nossa caçula precisou fazer com apenas cinco meses, achei melhor poupar a minha esposa da laqueadura, pois é muito mais invasiva que a vasectomia e assumi essa responsabilidade”, disse Marcelo, que passou pelo procedimento no dia 26 de outubro.

Galeria de Fotos