Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

IPMQ

Mutirão de plantio comemora Dia da Árvore

O Dia da Árvore, em Quissamã, foi programado sob o tema “Vamos cultivar consciência para colhermos um mundo melhor” e contou com o plantio de mudas nativas e também frutíferas nesta quinta-feira (21). A intenção é usar o dia para dar início a uma grande campanha de reflorestamento no município. Pela manhã, a prefeita Fátima Pacheco participou do evento na estrada da Penha, na localidade de Imbiú e junto com o estudante Lucas da Conceição Rodrigues, de 10 anos, plantou um pé de pitanga.
“É muito importante que criemos nas crianças, principalmente, a consciência de que é preciso plantar e cuidar das árvores como forma de mantermos e até melhorarmos a qualidade de vida que temos em nosso município”, frisou Fátima. Já o pequeno Lucas disse que gostou da ação. “Plantar árvores vai ajudar a natureza a cuidar de todos nós”, ressaltou.
O servidor do Meio Ambiente Antônio Batista informou aos presentes o tipo das árvores que estavam sendo plantadas naquele trecho da estrada e o porque da escolha do lado para o plantio, já que no sentido contrário há rede elétrica e em casos de árvores de grande porte, elas podem danificar a fiação.
Segundo Antônio, no trecho entre a raia de corridas de cavalos até a escola foram plantadas 33 mudas frutíferas, contemplando pés de manga, pitanga, bacupari, nêspera, guaquica e graviola e, da raia até a ponte de Imbiú, mais 250 unidades, como pau-brasil e aroeira, entre outras.
Também participaram do plantio o secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Pesca, João Carlos Pinto e funcionários da pasta; o presidente da Câmara Municipal, Luciano Pessanha; os vereadores José Borba, Calico, Luiz de Acil e Xande Moreno; além de alunos e professores das Escolas Ignácio Hugo da Silva, Tânia Regina de Paula e do Ciep Brizolão 465 Dr. Amílcar Pereira da Silva.
Na sequência foi realizado replantio de árvores nativas do Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD) da Zona Especial de Negócios (ZEN). Segundo a agrônoma da secretaria, Amanda Oliveira Martins, o replantio acontece com mudas produzidas no horto municipal e ainda com doações dos hortos de Trajano de Moraes e Santa Maria Madalena, de espécies nativas da Mata Atlântica e também de frutíferas, por exigência do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), por conta do impacto ambiental causado pela construção da ZEN.
“A área, de cerca de cinco hectares, deve ser reflorestada. Sabemos que, por conta do tempo seco, muitas mudas não vingam e, ainda, em uma área já plantada com quatro mil mudas, tivemos um incêndio e, por conta disso, perdemos muitas delas. Agora, a intenção é plantar mais de duas mil mudas. E um novo mutirão acontecerá quando as condições climáticas forem mais favoráveis”, explicou Amanda.
Para tentar minimizar a seca, por conta da falta de chuvas, o plantio na área do entorno da ZEN contou com adubação e colocação de hidrogel no berço que recebeu as mudas, com intuito de manter a umidade no local.
Na parte da tarde, a mesma ação aconteceu na comunidade quilombola da Fazenda Machadinha, próximo à Escola Felizarda Maria da Conceição Azevedo, com a participação de alunos das Escolas Professora Maria Ilka de Queirós Almeida e Carlos Roberto Cruz Filippino, ambas situadas na localidade de Santa Catarina.

Galeria de Fotos