Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Guarda e Defesa Civil removem abelhas em Morro Alto

Uma equipe da Divisão Ambiental, da Guarda Civil vinculada à Coordenadoria Especial de Segurança Pública em parceria com a Defesa Civil Municipal retiraram na manhã desta terça-feira (11), um enxame em uma árvore, que caiu em frente do Posto Médico de Morro Alto, área rural de Quissamã. O trabalho durou cerca de uma hora, e a área foi isolada para garantir a segurança de moradores próximos.
De acordo com o coordenador Janderson Chagas, as abelhas foram levadas para o seu habitat, na Mata da Cerejeira, RJ-178, impedindo que oferecessem riscos à comunidade.
— Retiramos as abelhas já que ofereciam risco de ataque em área de concentração de pessoas. Elas foram devolvidas ao meio ambiente, porque a legislação federal prevê que é crime a retirada desses insetos — explicou.
Ele acrescentou que a população pode colaborar com a Guarda Civil Municipal, informando sobre a existência de exames através do telefone 153 (ligação gratuita). “Nos avisando faremos a remoção das abelhas”, lembrou.
Espécies — Existem cerca de 20 mil espécies de abelhas. As mais conhecidas são denominadas de abelhas europeia ou africanizada (mistura de africana com europeia), as mamangabas — com ferrão que fazem seus ninhos no solo — e as indígenas, que não têm ferrão e normalmente enroscam no cabelo quando importunadas.
Na primavera, as rainhas começam um novo ciclo de reprodução, e é mais comum o aparecimento de enxames nesta época. Segundo apicultores, já no período de fevereiro a novembro, a abelha “solta o enxame” e é preciso capturar a rainha e colocá-la na caixa para protegê-la – o resto do enxame segue para o mesmo lugar. O procedimento depende de cada situação e local. Para a retirada da colmeia, o apicultor possui equipamentos desde caneco soldador de cera, jalecos, luvas, macacão, máscara com chapéu até quadro para melgueira e gaiola para introdução e transporte da rainha.

Galeria de Fotos