Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Esperança e alívio: vacinação dos profissionais de Saúde do combate à Covid-19 segue em Quissamã

A cada profissional de saúde da linha de frente do combate à Covid-19 imunizado, um sorriso de alívio e esperança. Desde a última terça-feira (19), esse tem sido o clima nas principais unidades de emergência de Quissamã, quando foi iniciada a campanha de vacinação contra o coronavírus. Nesta quinta-feira, a Prefeitura de Quissamã imunizou trabalhadores do Hospital Municipal Mariana Maria de Jesus (HMMMJ), Centro de Triagem Respiratório (CTR) e Unidade de Pronto Atendimento Mário Barros Wagner de Barra do Furado.
Enfermeiro do HMMMJ há 17 anos, Daniel de Souza Oliveira sorriu ao receber a primeira dose da vacina. Atuando na linha de frente desde o início da pandemia, o morador de Alto Alegre foi diagnosticado com a doença no ano passado. Teve sintomas graves, sendo internado, mas conseguiu vencer a doença. Por ter tido a Covid-19 há alguns meses, a vacinação é necessária segundo o Plano Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde.
– É uma verdadeira vitória ser uma das primeiras pessoas a tomar a vacina em Quissamã. Passei por um momento complicado, me recuperei e sigo trabalhando na linha de frente do combate à doença. A vacina é segura, ninguém precisa ter medo – disse Daniel de Souza Oliveira.
Nesta fase, além de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, a Prefeitura também tem imunizado os auxiliares de serviços gerais que trabalham na higienização das unidades. Uma das pessoas que recebeu a vacina nesta quinta foi Silismar Ribeiro, moradora do Canto da Saudade, que trabalha há nove meses no Hospital Municipal Mariana Maria de Jesus.
– Temos que agradecer por essa oportunidade, pois trabalhamos em uma unidade de emergência e precisamos dessa imunização para seguir o nosso serviço com tranquilidade. A população não deve se preocupar, pois a vacina não é perigosa – conta Silismar Ribeiro.

Vacinação começou na terça-feira

O Governo do Estado do Rio entregou 360 vacinas — de um total de 720 para as duas doses — à Prefeitura de Quissamã na última terça, quando os profissionais da saúde começaram a ser imunizados. O Município segue o Plano Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, que definiu os grupos prioritários.
– Seguimos o nosso planejamento de vacinação para os profissionais que trabalham nas unidades que recebem pacientes com Covid-19. Nesta quinta, estivemos em Barra do Furado, onde vacinamos a equipe que estava de plantão – conta Natália Villaça, enfermeira do setor de imunização do município.
Neste primeiro momento, o Governo Federal será responsável pela distribuição de toda a produção da CoronaVac, vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac. Desde o ano passado, a Prefeitura de Quissamã vem se mobilizando para a realização da vacinação na cidade. Em dezembro foi assinado um termo de entendimento com o Butantan para aquisição de 36 mil doses da vacina, porém o município ainda não recebeu um posicionamento oficial do Instituto após o Ministério da Saúde determinar a exclusividade na distribuição das doses. A aplicação da CoronaVac ocorre em duas doses, sendo a segunda entre 14 e 28 dias após a primeira.

Galeria de Fotos