Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Escolas de Machadinha e Caxias recebem recurso extra por boa gestão do PDDE

Duas escolas municipais de Quissamã foram reconhecidas pelo governo federal por boas práticas com os recursos do PDDE – Programa Dinheiro Direto na Escola, em 2021: Professora Regina Celi Passos, em Caxias, e Felizarda Maria da Conceição, em Machadinha. Pelo bom gerenciamento da verba em prol da aprendizagem, as unidades receberam, em dezembro, pela primeira vez na história do Município, a parcela de desempenho (recurso extra). A utilização da verba é definida pelos gestores das unidades em conjunto com a comunidade escolar.
O desempenho das escolas é monitorado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE. Com 158 alunos da Educação Infantil ao 5º ano do Ensino Fundamental, a escola quilombola vai receber recurso extra na ordem de R$ 2,9 mil. Já a unidade de Caxias, conta com 459 alunos da Educação Infantil, e terá R$ 9,3 mil.
O Programa Dinheiro Direto na Escola tem por finalidade prestar assistência financeira, em caráter suplementar, às escolas públicas da educação básica, permitindo aos gestores colocarem em prática o plano de ação elaborado pela comunidade escolar. Em 2021, Felizarda recebeu R$ 10,5 mil e Regina Celi, R$ 14,3 mil que foram usados na compra de equipamentos e material permanente. O recurso do PDDE também pode ser utilizado na melhoria da infraestrutura das escolas e creches.
A secretária de Educação, Helena Lima, ressalta que a eficiência de uma gestão promove resultados e hoje, o bom desempenho tem sido valorizado e reconhecido:
– É muito importante presenciar o reconhecimento dessas escolas a partir dessa bonificação. E esse reconhecimento valoriza a escola que alcançou a meta e estimula as demais que, agora, têm essas duas unidades escolares como exemplo, frisou Helena Lima.
Diretores das escolas de Caxias e Machadinha, Gilcilene Lourenço Elias e Allan Alves Trindade, respectivamente, foram unânimes ao ressaltarem a participação da comunidade escolar, por meio de um Diretório (presidente, secretário e Conselho Fiscal) na aplicação do recurso, bem como da prestação de contas:
– Esse reconhecimento não é apenas da gestão, é de toda a comunidade. O gerenciamento desta verba é um trabalho em equipe. No Regina Celi, temos um Diretório que participa, uma presidente (Shirley dos Anjos Araújo) atuante. Na primeira reunião de 2022, vamos levar essa boa notícia aos membros do diretório, disse a diretora Gilcilene. “É um recurso muito importante que utilizamos para compras básicas, melhorar o ambiente de alfabetização facilitando o processo de aprendizagem. Esta é uma vitória de todos que fazem a escola acontecer e que bom que podemos contar com a comunidade nessa parceria”, concluiu Allan.

Galeria de Fotos