Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Educação de Quissamã distribui kits da agricultura familiar aos alunos do município

Com a retomada das aulas presenciais em Quissamã, após um longo período de ensino à distância, em função da pandemia da Covid-19, os estudantes da rede pública de ensino são beneficiados com gêneros alimentícios do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Na cidade, já foram realizadas três etapas de entregas dos kits da agricultura familiar para os alunos que se cadastraram. Nesta quarta-feira (25), a Escola Municipal Professora Maria Ilka de Queirós e Almeida, em Santa Catarina, foi contemplada com 228 kits. No total, até o momento, 589 kits já foram distribuídos.
A ação da Secretaria de Agricultura, por meio da Agricultura Familiar e em parceria com a Secretaria de Educação, é mais uma conquista para os estudantes. “A entrega dos kits tem como objetivo principal contribuir para melhora nutricional dos alunos, uma vez que estando bem alimentados, eles têm condições de aprender e assimilar as informações com mais facilidade. O nosso foco é aumentar a rede de proteção das nossas crianças, tendo como base a aprendizagem e o desenvolvimento global dos educandos”, declarou Helena Lima, Secretária de Educação.
No município, antes que os alimentos cheguem até os alunos, uma grande mobilização, envolvendo o processamento das quantidades de gêneros, é realizada pela prefeitura. Todos os kits são montados sob supervisão nutricional e, segundo a Secretaria de Educação, seguem os padrões de qualidade e quantidade estabelecidos pelo PNAE e Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e a safra da época.
A cesta é composta por dez itens variados de acordo com a produção semanal. Hoje, o kit será composto por: ovos caipira, tomate, abóbora, bebida láctea, aipim, alface, cheiro verde, couve, feijão e farinha. Todas as unidades da rede pública e municipal de ensino, receberão os kits. Vale ressaltar, que a escolha dos itens é feita de acordo com a safra do dia.
“Os alimentos são retirados em dias determinados, nas unidades escolares onde as famílias fizeram os cadastros. Medidas de distanciamento físico e de higiene continuam sendo cumpridas para garantir segurança às equipes de trabalho e aos beneficiados”, afirmou o diretor administrativo da unidade Alcei Belarmino Barreto.
Segundo Alcei, dos 228 alunos que receberam o kit da Agricultura Familiar, seis possuem necessidades especiais e eles fornecem também o kit da Educação Especial composto por polpas de maracujá, morango, laranja, acerola e uva, leite em pó integral, aveia de flocos finos, além de suplementos.
“Eu só tenho que agradecer a essa gestão que está nos ajudando nesse momento tão complicado de pandemia, quando muitas mães não têm oportunidade de alimentar seus filhos como gostariam e como eles precisam”, afirmou Fabiana Costa do Desterro, mãe de duas crianças de 12 e oito anos, que estudam na escola.

Galeria de Fotos