Rua Conde de Araruama, 425 – Centro Quissamã – RJ – Cep: 28.735-000

Tempo Agora

Secretarias

Nota Fiscal

Transparência

Diário Oficial

Serviços

Ouvidoria e E-sic

Cidennf debate ações de enfrentamento à estiagem no Norte e Noroeste Fluminense

Com objetivo de alinhar ações imediatas de enfrentamento à estiagem no Norte e Noroeste Fluminense, secretários dos municípios que fazem parte do Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento do Norte e Noroeste Fluminense (Cidennf) participaram, nesta terça-feira (23) da reunião da Câmara Técnica Setorial de Agricultura, em Cardoso Moreira.

Durante o encontro, foram levantadas algumas medidas para garantir que as melhores ações possam ser colocadas em prática. O secretário executivo do Cidennf, Vinicius Viana, também reforçou que será elaborado um documento junto aos prefeitos e prefeitas dos municípios consorciados, para apresentar ao Governo do Estado do Rio, a fim de reforçar a necessidade de Decreto Emergencial e buscar recursos para ações de forma imediata.

— Em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-Rio), será levantado um laudo da situação regional, para ser apresentado aos órgãos estaduais, caracterizando a necessidade emergencial das demandas a serem solucionadas. Ações, como brigada de incêndio em unidades regionais, aquisição de equipamentos para limpeza de tanques, canais, barragens e perfuratriz para abertura de poços, são algumas das soluções imediatas, e o Cidennf junto aos municípios estará buscando ações para amenizar as consequências geradas pela seca — destacou Vinicius Viana.

Segundo o superintendente Regional do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Leonardo Barreto, reunião como a da CT de Agricultura do Cidennf é importante pois une todas as demandas dos produtores rurais e as entidades que estão envolvidas na problemática, que é a estiagem.

— O Instituto, através dessa demanda, vem desmistificar muitas ações que, anteriormente, eram desconhecidas e, aproveitar a oportunidade para explicar, sanar as dúvidas de todos os envolvidos e fazer com que tenham acesso aos procedimentos que podem ser adotados. O Inea está de portas abertas para o que for necessário, e vamos em conjunto chegar a uma solução eficiente e rápida, pois sabemos que as crises, como a falta ou o acesso à água são prejudiciais a produtividades, principalmente a agricultura — destacou Leonardo Barreto.

Participaram da reunião a prefeitura de Cardoso Moreira, Geane Vincler; o vice-prefeito e secretário de Agricultura de Quissamã, Marcelo Batista, que também é o coordenador desta Câmara Técnica Setorial; secretários de Agricultura dos municípios de Italva, Bom Jesus do Itabapoana, Campos dos Goytacazes, São Francisco de Itabapoana, Cambuci, Carapebus, Cardoso Moreira, Itaperuna, Macaé, São Fidélis e Varre-Sai. Estiveram presentes, também, representantes da Emater-RJ, da Associação dos Produtores Rurais de Santa Maria de Campos, do Comitê de Bacias Hidrográfica do Baixo Paraíba do Sul e Itabapoana; da Associação Fluminense dos Plantadores de Cana; da Federação Dos Plantadores de Cana do Brasil; da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária de Italva; da Cooperativa Agrária Vale do Itabapoana e da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Galeria de Fotos